Vivemos em um país onde muitas coisas fúteis acabam sendo lembradas, mas a educação que deveria ser uma das prioridades acaba sendo esquecida. Não se pode negar também, que uma má educação acaba facilitando as manobras do governo contra a população. Colocando isso em termos mais informais, podemos dizer que o governo quer “burrificar” os alunos, com isso , ele consegue fazer o que quiser , sabendo assim que a população não ira buscar seus direitos por falta de conhecimento. Vejamos agora uma breve explicação da parcela da culpa de cada uma das varias estâncias da nossa sociedade.

Professores: falta de motivação para dar aulas, recebem um baixo salário para lecionar, não inovam nas aulas para atrair o interesse dos alunos, não investem em uma maior capacitação como o mestrado, doutorado e etc.

Alunos: não respeitam os professores e muito menos os colegas de classe, não prestam atenção nas aulas, faltam às aulas sem motivo relevante.

Governo: não oferece boas condições de trabalho para os professores, enviam um planejamento de ensino para os professores que não preparam os alunos para o vestibular e entre outras provas, não pagam um considerado salário digno, muitas vezes atrasam o pagamento e entram em confronto com os grevistas.images

Como podemos notar, a culpa da educação estar péssimo é por conta da falta de acordo e conversa entre alunos, professores e governo. A solução para esse problema é bem obvia, precisa- se de uma maior comunicação entre as partes, assim entrando em um acordo para melhorar esse critério básico para a existência de uma nação com pessoas bem informadas e educadas. Acredito que para isso mudar vai demorar bastante, mas não é impossível, basta que todos os envolvidos tenham força de vontade.

Anúncios