10858561_227471494094705_2437741337902159081_n

Esta questão pode ser distorcida e relativizada através de falsa retórica, e isto é uma armadilha para quem é desavisado e pode até se encantar com a falsa bondade e a falsa boa intenção captada nesta retórica socialista, mas para aqueles que estudam, buscam as verdades históricas e o sentimento filosófico verdadeiro por trás das palavras, estes sabem que não há como lutar contra os fatos, contra a verdade!

Para seduzir e corromper cristãos despreparados, os socialistas são capazes de mentir, alegando que Cristo era socialista pois pregava a divisão, mas não pode haver argumento mais falacioso, frágil e cretino que este, uma vez que Cristo valorizava a propriedade privada (não furtar, não cobiçar o que é do outro, etc.) e não dividia o que era dos outros como é no socialismo, mas pregava a caridade, ou seja, que as pessoas ajudem umas as outras por livre e espontânea vontade, não por imposição estatal ou pelo aumento de impostos para que o estado crie programas assistenciais, explorando o trabalho de uns para dar a outros. Cristo não pode ser considerado uma figura socialista, conservadora ou liberal, seu reino não é daqui, como ele mesmo disse!

Há algumas questões que são um completo impedimento para quem é cristão ser socialista, começando pelas características da filosofia política: ela é materialista e humanista, ou seja, prega-se o paraíso na Terra, o homem é salvador de si mesmo e somente por si pode encontrar este paraíso e, portanto, uma figura divina é tida como alienatória e falsa. Materialismo é a negação do sobrenatural e humanismo é a supervalorização da figura humana.

“Um comunista é quem lê Marx, um anticomunista é quem entende Marx.” (Ronald Reagan)

Veja a explicação de Olavo De Carvalho:

“Assim, o Céu eu perdi, e sei disso muito bem. Minha alma, que já foi fiel a Deus, está escolhida para o Inferno.”

“Nada, senão a vingança, restou para mim.”

“Eu desejo me vingar contra Aquele que governa lá em cima.”

(Karl Marx 1818-1883)

Frederick Engels, um dos pilares do socialismo científico, fiel amigo e parceiro de Karl Marx em sua ideologia, falando que o Cristianismo e o Comunismo se opõem:

“É, no entanto, curioso que enquanto os socialistas ingleses geralmente se oponham ao Cristianismo, e tenham que sofrer todos os preconceitos religiosos de um povo realmente cristão, os comunistas franceses, sendo parte de uma nação célebre por sua infidelidade, são eles próprios cristãos. Um de seus axiomas favoritos é, que o cristianismo é o comunismo, “le Christianisme c’est le Communisme”. Esse axioma eles tentam provar pela Bíblia, o estado de comunidade em que alegadamente os primeiros cristãos viveram, etc. Mas tudo isso só mostra que essas pessoas boas não são os melhores cristãos, embora assim se intitulem; porque se fossem, eles iriam conhecer melhor a bíblia, e descobririam que, se algumas poucas passagens da bíblia talvez sejam favoráveis ao comunismo, o espírito geral de suas doutrinas é, no entanto, totalmente oposto a ele, bem como para cada medida racional.” (Frederick Engels)

O texto original pode ser encontrado aqui:

https://www.marxists.org/archive/marx/works/1843/10/23.htm

No vídeo abaixo, Pe. Paulo Ricardo explica que católicos recebem excomunhão automática por tentarem ser socialistas\comunistas ou por colaborarem com a ideologia:

O tipo da excomunhão é chamada Ipsus Facto ou Late Sentença, ou seja, por motivo óbvio!

Para quem possa dizer que não é católico, portanto a explicação não vale, covardemente fugindo à verdade, deixarei aqui as palavras do Pastor Martin Luther King Jr.:

“(…)o Comunismo se baseia numa visão materialista e humanista da história e da vida. Segundo a teoria comunista, não é a inteligência nem o espírito que decidem do universo, mas apenas a matéria; esta filosofia é declaradamente secularista e ateísta. Para ela, Deus é um simples mito criado pela imaginação; a religião, um produto do medo e da ignorância; e a Igreja, uma invenção dos governantes para controlarem as massas. O Comunismo, tal como o Humanismo, mantém, além disto, a grande ilusão de que o homem pode salvar-se sozinho, sem a ajuda de qualquer poder divino, e iniciar uma nova sociedade(…)” (Martin Luther King Jr.)

De onde foi retirado este texto?

Este é o décimo capítulo (How Should A Christian View Communism?) do livro Strength To Love, publicado em 1963.

Quem foi Martin Luther King Jr.?

Martin Luther King Jr. (Atlanta, 15 de janeiro de 1929 — Memphis, 4 de abril de 1968) foi um pastor protestante e ativista político estadunidense. Tornou-se um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, e no mundo, com uma campanha de não violência e de amor ao próximo.

A história se encarregou de provar toda a maldade e tirania da ideologia que pretendia destronar a Deus, se não acredita nisso, assista a este documentário:

Ainda hoje pessoas estampam, tatuam, pintam, fazem cartazes com a figura de ícones do socialismo como, por exemplo, Che Guevara. Com isto só da para chegar as conclusões que estas pessoas são completamente ignorantes, não há outro nome senão idiotas, ou então são amantes da tirania, Che Guevara foi um dos maiores assassinos psicopatas da história, utilizando a Revolução Cubana como pretexto para cometer seus crimes, conheça Che Guevara neste documentário:

Partidos brasileiros como o PT são socialistas? Sim, são, eles pregam a cartilha socialista e lutam por ela fervorosamente!

Cristãos podem votar ou ajudar ao PT ou partidos da mesma linha, que defendem abertamente, por exemplo, o aborto, a ideologia de gênero, a luta de classes (uns contra os outros), a descaracterização do termo família, o feminismo, etc.? A resposta é  bem clara: NÃO! Assista ao vídeo abaixo e não restará qualquer dúvida disso:

Sempre que o socialismo se encarrega de dar errado (porque ele é completamente equivocado de cabo a rabo) os socialistas repetem a mesma ladainha: “não fizeram o verdadeiro socialismo, nós é que faremos”. E sempre e sempre esta ideologia estará com suas intenções no tempo futuro, jamais no presente, é utópico e desconsidera o que a humanidade evoluiu para chegar até aqui. Tudo o que importa é a revolução, não a realidade nem a história e as tradições que carregamos e que nos torna um povo civilizado.

Seja então, socialista ou cristão, mas não se pode servir a dois senhores, ainda mais concorrentes entre si.

Anúncios